Quando falamos em poupar durante uma viagem, a primeira coisa que vem a nossa cabeça é fazer um bom uso das famosas milhas aéreas acumuladas, não é mesmo?

Contudo, saiba que há outra forma muito lucrativa de como economizar nas férias, que é justamente suspendendo durante o período que estará viajando alguns serviços contratados, como telefone fixo, rede de internet, TV por assinatura, entre outros.

A maioria das pessoas não faz a mínima ideia de que tem esse direito de consumidor, mas saiba que você pode sim solicitar o cancelamento temporário desse tipo de serviço e o melhor, sem ter que pagar taxa ou multa sobre a decisão, como é o caso de quando há quebra no contrato, por exemplo.

O motivo para isso é simples: se você não está usando, não é obrigado a pagar a mensalidade referente ao serviço e é assim que a lei entende! Por isso, se você vai viajar e precisa deixar sua casa desocupada por um ou mais meses, tenha em mente que pode solicitar tanto o desligamento temporário quanto o religamento quando voltar, desde que você esteja com o pagamento dessas contas em dia. 

Então, para saber exatamente onde e como economizar dinheiro nas férias, confira a seguir a lista de serviços que podem ser suspensos sem a cobrança de custos por parte da empresa fornecedora e assim, com o dinheiro que sobrar, você usar em sua viagem!

Como economizar nas férias com a suspensão da linha telefônica 

Para quem usa o serviço de telefonia móvel ou fixo, as mensalidades não costumam ser baratas e com certeza fazem diferença no orçamento familiar, concorda? Sendo assim, saiba que você pode dar uma folguinha no pagamento das contas de telefone, seja o residencial ou a usada no celular. 

Nesses casos de telefonia, o procedimento adotado é o chamado “desligue temporário” e a mensalidade não pode ser cobrada a partir do momento que o serviço for suspenso temporariamente. A legislação garante ao consumidor a suspensão do serviço sem custos adicionais entre 30 e 120 dias em, no máximo, uma vez ao ano. 

Dicas para economizar nas férias com a TV a cabo

Outra maneira ótima de como economizar nas férias é desativar momentaneamente o seu plano de TV por assinatura. 

A suspensão desse serviço se assemelha bastante ao do de telefonia com relação ao prazo que o consumidor tem, que é de 30 a 120 dias, durante uma vez ao ano (lembre-se que é preciso não ter débitos pendentes). 

Como poupar dinheiro ao viajar com a internet

Assim como os dois exemplos mencionados acima, a internet também pode ser cancelada anualmente entre 30 e 120 dias pelo consumidor. 

A Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) ainda garante que você não perca o vínculo com a empresa responsável pela prestação do serviço.

Isso significa que, após o prazo de suspensão, você pode solicitar o religamento do seu plano de internet de forma 100% gratuita.

Como economizar nas férias com água e luz

A conta de luz e de água compromete uma boa parcela do orçamento mensal dos brasileiros.

Além disso, mesmo que não estejamos usando, é cobrada mensalmente uma taxa básica de consumo. 

Por isso, saiba que você tem o direito de cancelar tanto o abastecimento de água quanto de energia elétrica em sua residência enquanto está ausente. 

Entretanto, é preciso ficar atento às “letras miúdas”, pois nesses dois casos o que vale são as regras de cada concessionária. 

Dessa maneira, é importante primeiramente entrar em contato com a empresa que presta tal serviço em sua cidade e verificar as condições. 

Na maioria dos casos não é cobrada taxa para a suspensão e sim na hora do religamento da água/luz, mas na dúvida, confira antes.

Inclusive, avalie a relação custo-benefício, pois você pode pagar mais caro para religar futuramente do que seguir pagando a taxa de consumo mínimo enquanto está fora de casa.

Além disso, o prazo que o serviço ficará suspenso também pode variar de região para região e deve ser negociado diretamente com a empresa.

Ah, e por fim, planejamento é essencial nesse serviço, pois é necessário, na maioria das vezes, solicitar a suspensão com antecedência.

Suspensão de outros serviços contratados anualmente durante está ausente

Para quem assina e paga mensalmente serviços relacionados à contratação de jornais, revistas, academia e etc., é possível saber como economizar dinheiro nas férias. 

Contudo, nesses casos não há uma lei específica e sendo assim, é necessário prestar atenção ao que está no seu contrato. 

Geralmente, as empresas costumam cobrar uma multa pela quebra de contrato e por isso é preciso fazer as contas para ver se vale a pena. 

Quanto mais tempo você passar fora, menos precisará do serviço e mais mensalidades economizará, podendo assim talvez ser válido pagar a multa, se houver.

Conclusão

Portanto, essas são as formas de como economizar nas férias suspendendo serviços que não estará utilizando. 

Tanto o cancelamento temporário quanto o religamento pode sair totalmente gratuitos e sendo assim, é interessante se informar, pois poupar dinheiro nunca é demais, concorda?

Então, se vai viajar ou precisa se ausentar por algum outro motivo, procure seus direitos e faça-os valer!