Planejar a festa de final de ano é uma das maiores expectativas para essa época e por isso, muitos brasileiros acabam se empolgando nos gastos… É dinheiro para custear a decoração para festa de final de ano, a alimentação para o cardápio especial, as roupas novas para usar na virada, viagens e muito mais. 

Mas, além disso, há aquelas despesas que não colocamos na ponta do papel, como compra de itens que estão em falta, passeios extras, combustível extra (devido ao maior deslocamento), enfim.

Tudo isso acaba pesando no orçamento familiar e é aí que muitos de nós acaba se endividando… Contudo, você não precisa fazer parte do time de pessoas que já inicia o ano novo no vermelho, certo?

Com um bom planejamento para o ano novo você pode fazer tudo que pensou para sua confraternização, economizando e ainda evitando dívidas futuras.

E o melhor, não há segredo para isso, basta seguir algumas dicas de economia doméstica e de planejamento financeiro que iremos mostrar a seguir! Vamos lá?!

1- Planejamento é tudo

Não é porque a festa de final de ano acontece na última semana de dezembro que você precisa começar a se organizar dias antes, concorda?

O ideal é que você comece a se programar já em novembro, mas caso não consiga, não deixe para a última hora. 

O motivo é simples! Conforme os dias forem passando, verá que nada foi feito, ficará ansioso(a) e provavelmente comprará por impulso.

Além disso, se programando antecipadamente você evita gastos maiores em seu orçamento, já que poderá com calma pesquisar preços e conseguir melhores descontos.

Isso vale principalmente para aqueles que gostam de viajar no fim de ano, onde se pode comprar passagens na baixa temporada e conseguir estadias com melhores preços. 

Por isso, a nossa primeira dica de como planejar o ano novo é justamente se programando antes. 

Ou seja, faça uma lista com a quantidade de convidados, veja o quanto irá gastar em seu orçamento, vá comprando os alimentos aos poucos, enfim.

Assim, todos ficam mais tranquilos, dentro do planejamento financeiro estipulado e ainda evitando futuras dívidas.

2- Planeje as despesas

Entender como organizar festa de final de ano está diretamente ligado ao planejamento das despesas.

Muitos brasileiros nessa época recebem o 13° salário e outros valores extras ao seu orçamento, mas acabam o comprometendo antes mesmo de entrar na conta…

Isso porque há contas atrasadas a pagar, gastos fixos, faturas de cartão de crédito e etc.

Por essa razão, para a festa de final de ano a dica é planejar as despesas. 

 Faça uma lista com tudo que será gasto, como passeios, despesas a mais na alimentação, viagens, combustível, entre outros. 

Assim, você terá uma noção real de quanto gastará a mais do que o normal, podendo se programar e assim economizar em outros pontos, para compensar.

Além disso, como em alguns casos não será possível fugir dos parcelamentos e boletos, o ideal é não fazer contas desnecessárias e quando for parcelar, tentar fazer no mínimo de vezes possível para evitar os juros. 

Isso porque tudo que ficar a mais será jogado para o seu orçamento de janeiro, lembre-se disso!

3- Pense nas dívidas futuras

Como mencionamos acima, em muitas situações será inevitável fazer contas futuras que irão comprometer nosso orçamento para os próximos meses. 

Pensando nisso, para manter as finanças em dia a dica é realmente economizar, ou seja, procure gastar o mínimo possível.

Você não precisa dar uma festa caríssima, visto que é possível fazer algo simples e econômico que todos vão amar. 

Além disso, no caso de quem recebe o 13° salário, uma boa sugestão é separar uma parte do valor para esses gastos e deixar o restante para pagar as dívidas pendentes ou até mesmo para complementar o orçamento de janeiro.

Até mesmo porque você deve lembrar que com o ano novo que se inicia novas despesas surgem, como IPVA, IPTU, material escolar e etc.

4- Tenha uma carta na manga

Ter um plano B é fundamental na hora do planejamento para o ano novo, visto que pensar nos imprevistos ajuda a controlar as despesas.

Você pode ter planejado uma festa de final de ano para 10 pessoas e depois descobre com o passar dos dias mais gente vai ir…

Ou até mesmo programou uma confraternização ao ar livre e no dia está aquela chuva que estraga todos seus planos, precisando então pensar em outras ideias…

Tudo isso além de causar transtornos de última hora, ainda podem mexer com seu orçamento.

Então, sempre tenha uma carta na manga, isto é, prepare-se para os eventuais imprevistos e se possível separe um valor extra para caso precise. 

Estar prevenido é uma das melhores formas de manter o seu planejamento financeiro familiar em dia. 

Portanto, essas foram as nossas dicas para a sua festa de final de ano! Esperamos ter lhe ajudado a perceber que é possível sim aproveitar sem se endividar.

Com controle e planejamento você pode fazer praticamente tudo e o melhor, sem extrapolar seu orçamento.

Isso porque quanto antes começar a se organizar, mais tempo terá para juntar o dinheiro que precisa para tais despesas, para fazer uma economia doméstica, conseguir melhores descontos e etc!