O seguro do Trânsito – Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre, também conhecido como seguro DPVAT é uma indenização para quem se envolve em acidentes de trânsito no Brasil, seja pedestre, passageiro ou motorista.

O seguro DPVAT valor indenização varia conforme a gravidade da situação, podendo ir de R$2.700,00 até R$13.500,00 (casos de morte ou invalidez permanente), independentemente do estado brasileiro em que a vítima sofreu o acidente ou do tipo de veículo.

Para o ano de 2021, os motoristas e proprietários de veículos estão isentos do pagamento da taxa DPVAT. No entanto, o seguro continua existindo e sendo obrigatório.

Assim, se você foi vítima de um acidente de trânsito e quer saber como solicitar o seguro, neste conteúdo exclusivo nós vamos mostrar o passo a passo para você!

Quem tem direito ao seguro DPVAT?

Antes de mais nada, é preciso entender mais sobre o que é seguro DPVAT, ou seja, em que casos é possível acionar a indenização.

Basicamente, pode solicitar este seguro às pessoas que tenham sido vítimas de acidentes de trânsito envolvendo um veículo, como carro, moto, ônibus, caminhão e etc.

Mas, é importante esclarecer que essa indenização não é exclusiva para brasileiros, pois qualquer pessoa na situação acima pode acionar, até mesmo estrangeiros.

Além disso, não é só o pedestre que está incluso na lista do seguro DPVAT quem tem direito, pois motoristas e passageiros também podem receber.

Com relação à indenização, ela cobre casos de morte, invalidez e até oferece o reembolso de despesas médicas e hospitalares. Além disso, o pagamento do seguro é feito mesmo que o veículo envolvido no acidente não seja identificado.

Vale destacar que a partir deste ano, é a Caixa Econômica Federal quem está fazendo a gestão dos recursos deste seguro. Por isso, a forma de como acionar seguro DPVAT irá depender da data em que o sinistro (fato) aconteceu.

Como receber seguro DPVAT

Agora que você já sabe mais sobre o que é e como funciona, confira a seguir o seguro DPVAT como dar entrada.

Para acidentes até 31/12/2020

Nesses casos, para saber como receber a indenização DPVAT é preciso fazer o pedido junto à antiga administradora, a Seguradora Líder.

Assim, para acionar o seguro DPVAT 2020, basta entrar em contato através de um dos seguintes canais:

  • Aplicativo Seguro DPVAT
  • Central Telefônica da Seguradora Líder (0800 022 8189)
  • Ponto de atendimento físico da Seguradora (veja os endereços aqui)

O pagamento é feito na conta bancária do beneficiário até 30 dias após a aprovação do pedido. 

Para acidentes após 01/01/2021

A partir desta data, o pedido da indenização deve ser feito em uma agência da Caixa Federal ou através do aplicativo. 

O pagamento será feito até 30 dias após a aprovação da solicitação e será depositado na Poupança Social Digital, por meio do aplicativo Caixa Tem

Passo a passo de como solicitar seguro DPVAT via aplicativo da Caixa

Desde o dia 1° de fevereiro de 2021, já é possível encaminhar o pedido da indenização de forma 100% online, através do app DPVAT.

O aplicativo está disponível para sistemas Android e iOS e para acessá-lo basta usar o mesmo login e senha do Caixa Tem.

Veja a seguir como acionar seguro DPVAT no app:

  1. Faça o download do aplicativo DPVAT (acesse aqui para Android e aqui para iOS)
  2. Crie uma conta ou faça login usando suas credenciais da Caixa
  3. Clique em “Quero solicitar minha indenização DPVAT”
  4. Informe os dados necessários e envie os documentos solicitados digitalmente

Com relação ao seguro DPVAT documentos necessários, via regra geral, será preciso:

  • Documentos pessoais da vítima, como RG e CPF
  • Comprovante de residência atualizado
  • Recibo de despesas médicas e hospitalares, caso tenha sido feito atendimento em rede privada de saúde
  • Ficha de primeiro atendimento após o acidente
  • Prontuário médico
  • Laudo médico constando a alta ou óbito do paciente
  • Entre outros que sejam necessários em cada um dos casos específicos.

Prontinho, agora você já sabe como solicitar seguro DPVAT!

É importante ressaltar que é possível fazer todo o procedimento gratuitamente, ou seja, não é preciso contratar um advogado para entrar com o pedido de indenização!