Saber como economizar gás de cozinha é quase uma questão de sobrevivência hoje em dia, considerando que os reajustes (veja aqui o novo valor anunciado pela Petrobras) no preço não param, você não acha?

Mas, o fato é que essa economia não é uma missão tão fácil, pois, em muitas ocasiões, inconscientemente desperdiçamos água, alimentos, luz, gasolina, gás e outros produtos necessários para o nosso bem-estar.

Entretanto, precisamos refletir sobre nosso comportamento diário, para eliminar o desperdício e praticarmos um consumo mais consciente de todos esses produtos.

No caso da falta de consciência ao usar o gás de cozinha de maneira eficiente, esses péssimo hábito é prejudicial ao meio ambiente, mas principalmente ao nosso bolso.

E, apesar do grande desafio, saber como economizar o gás em casa é algo que deve ser sempre uma tarefa bem-vinda, pois o preço médio do botijão está custando mais caro a cada dia que passa.

Por isso, neste guia separamos 9 dicas para você poupar ao máximo o gás doméstico no fogão, já que o uso inadequado deste combustível acarreta não só o desperdício como também em riscos para a sua segurança. 

Então, chega de conversa fiada e vamos às maneiras de economizar gás de cozinha? A seguir você terá acesso a dicas que lhe ajudarão a gastar menos e tornar seu cotidiano mais saudável e seguro!

1. O segredo de como economizar gás de cozinha é o fogão e seus acessórios

Pouca gente sabe, mas a escolha do fogão e a instalação correta dos acessórios são indispensáveis para fazer o botijão de gás durar mais.

Assim, antes de tudo compre um fogão de boa eficiência energética, isto é, um eletrodoméstico com selos e certificados emitidos pelo INMETRO, atestando sua eficiência. 

De maneira geral, fogões com a classificação A são os que mais economizam gás. Até mesmo a classificação B já não é mais indicada, pois em médio e longo prazo não compensa.

Caso não seja possível trocar de fogão no momento, certifique-se de que o seu modelo está bem regulado.

Equipamentos desregulados costumam consumir mais combustível para funcionar, além de apresentarem perigos para você e sua família.

Outra orientação é manter sempre as bocas do fogão limpas. Se essas partes estiverem sujas o gás pode sair de maneira irregular e não realizar bem sua função.

Isso significa que o aquecimento e cozimento dos alimentos demorarão mais tempo e consequentemente os custos serão maiores.

Uma das formas de perceber a existência de problemas de sujeira ou desregulação das bocas é observar a cor da chama no seu fogão.

O ideal é que a chama do gás seja de cor azulada (distribuição uniforme do gás). Se a chama estiver amarelada, que suja o fundo da panela, é indicativo de que está saindo mais gás do que seria preciso.

Se esse for o caso, certifique-se de manter seus queimadores bem limpos e regulados, lavando-os sempre com água e detergente. 

Ah, e na hora da limpeza, só coloque-os de volta ao fogão quando estiverem completamente secos e verifique se estão corretamente acoplados.

2. Corte os alimentos em cortes menores

Pode parecer uma dica besta para economizar gás, mas saiba que quando você corta os alimentos em tamanhos menores, se torna mais rápido cozinhá-los.

 Isso também possibilita utilizar menos água na fervura, que como sabemos, quanto mais água na panela, maior o consumo de gás para esquentar o volume. 

Inclusive essa é uma sugestão interessante para quando for esquentar a água na chaleira. Coloque sempre a quantidade necessária para o uso, para reduzir assim o seu tempo e gasto.

Além disso, um segredo para economizar ainda mais na conta de gás ao cozinhar é diminuir a potência da chama depois que a água tiver fervido. 

Isso é vantajoso porque o fogo alto não agiliza o cozimento. Pelo contrário, ele faz com que o líquido evapore, o que pode atrapalhar.

E claro, no caso do preparo de alimentos duros ou muito consistentes, coloque esses de molho previamente antes de serem levados ao fogo, pois cozinharão mais rápido. 

3. Use panelas de tamanho adequado para a quantidade de alimento que irá cozinhar

Uma das maneiras de economizar gás de cozinha é sabendo escolher a panela ideal para o preparo da refeição.

Quanto maior o tamanho da panela, maior será o tempo necessário para o seu aquecimento e, com isso, mais consumo de gás. 

Além disso, para economizar gás de cozinha utilize o queimador do fogão com tamanho adequado à panela. 

Para panelas grandes, use o queimador maior e para pequenas e médias, faça o uso dos queimadores menores.

Ah, e não se esqueça de que durante o cozimento, mantenha sempre as panelas bem tampadas para aproveitar melhor o calor. 

Sempre que possível, utilize panelas de pressão que cozinha os alimentos em temperatura mais elevada e, portanto, consomem menor quantidade de gás.

4. Não deixe o alimento na fervura mais tempo do que o necessário

Engana-se quem pense que manter a fervura em fogo alto apressa o cozimento, muito pelo contrário, isso só fará com que mais água se evapore. 

Então, se realmente quer saber como economizar gás de cozinha, entenda que o segredo é diminuir a chama após a fervura, assim como desligar o fogo no momento certo, sem que o alimento fique horas cozinhando no fogão. 

5. Evite o transbordamento de líquidos sobre os queimadores

Na correria do dia-a-dia, muitas vezes acabamos nos descuidando do fogo na hora do preparo das refeições…

Um dos erros mais comuns nesse sentido é o transbordamento de líquidos das panelas, que ocorre frequentemente durante a fervura de leite e o cozimento de macarrão.

Assim, além das bocas ficarem entupidas, elas também podem se apagar, criando uma situação de risco. 

Então, se ocorrer derramamento, limpe o queimador assim que ele esfriar, para evitar problemas futuros ou o baixo rendimento do seu gás de cozinha

6. Procure usar o forno para assar várias coisas ao mesmo tempo

Se quer saber como economizar o gás, aprenda a otimizar o seu uso, especialmente o forno, que acaba consumindo mais combustível. 

Nesse caso, diminua a chama quando o forno chegar à temperatura desejada e desligue imediatamente após retirar o alimento. 

Além do mais, não deixe panela no fogo ou forno ligado para fazer outras coisas fora da cozinha, o que além de ser ótimo para o bolso, ainda evita que você queime a comida ou provoque um acidente. 

Para economizar gás no acendimento do forno, siga esta sequencia: 

  • Abra a porta do forno;
  • Risque o fósforo ou aperte o botão do acendimento automático;
  • Gire o botão e acenda imediatamente o queimador.

Ah e nem precisamos mencionar que você deve evitar abrir com frequência a porta do forno quando ele estiver funcionando, certo?! 

7. Quando não estiver usando o fogão, mantenha o registro de gás fechado

As pessoas mais velhas têm o hábito de verificar o registro de gás rotineiramente, especialmente antes de dormir ou ao sair de casa.

Pois, saiba que uma das maneiras para economizar gás é justamente fechando o registro quando o fogão não estiver em uso, já que se evita o vazamento do combustível.

8. O micro-ondas é uma boa alternativa de como economizar gás de cozinha

Muita gente não tem ou nem gosta de utilizar o micro-ondas para o aquecimento de alimentos, pois deixa o alimento menos crocante, mais “seco”.

Contudo, saiba que esse aparelho pode ser seu aliado para poupar gás, especialmente para esquentar comidas em menor quantidade.

Então, comece a utilizar mais o micro-ondas em sua rotina, pois entre uma conta e outra, a luz parece estar mais acessível que o gás de cozinha hoje em dia. 

9. Tome cuidado com os ventos ao cozinhar

O posicionamento do seu fogão também influencia diretamente na duração do seu botijão. 

Por essa razão, se quer economizar o máximo possível, tenha em mente que você deve evitar que seu aparelho fique exposto a correntes de vento.

Quanto mais vento tiver no local, mais o gás das bocas irão se dispersar e automaticamente, maior a quantidade de tempo gasto para cozinhar os alimentos.

Nossas dicas de como economizar gás de cozinha foram úteis para você? Esperamos que sim, afinal, essa economia é fundamental nos dias de hoje.

Sendo assim, se você está preocupado que o seu gás não dura muito e que o preço do botijão só aumenta, a partir de agora poderá ficar um pouco mais tranquilo(a). 

Seguindo essas orientações aqui apresentadas, você poderá obter uma economia de gás de até 20% em sua residência, fantástico, não é mesmo?!

Então, não deixe para amanhã as mudanças que você pode começar a fazer ainda hoje no uso do seu fogão!