Se tem um público que precisa de ajuda para aprender a lidar com dinheiro são os estudantes, considerando que nessa fase da vida é difícil ter uma renda fixa e mais complicado ainda é administrar o pouco que se ganha. Por isso, a importância de boas dicas para universitários, para que tenham um maior controle de suas finanças.

Basicamente, a vida do estudante universitário é muito corrida, cheia de desafios e claro, focada na educação, ou seja, são poucas as pessoas nessa fase que conseguem trabalhar e estudar ao mesmo tempo.

Com isso, muitos estudantes acabam tendo que recorrer a bolsas de pesquisa, que são auxílios financeiros concedidos ao público universitário, mas com valor baixo, em média de meio salário mínimo.

Então, a solução é saber administrar o pouco dinheiro que se tem na conta, ou seja, aprender a fazer boas escolhas financeiras e ter mais controle do seu dinheiro, principalmente do quanto gasta por mês.

Sendo assim, pensando em lhe ajudar nessa missão árdua, separamos algumas dicas para universitários que podem deixar a sua vida financeira mais estável, fazendo seu dinheiro render mais ao longo do mês e não tenha que se endividar! Vamos lá?!

5 dicas para universitários sobre finanças

Ser estudante de ensino superior não é uma tarefa fácil e quando pensamos em vida financeira nessa fase, as coisas podem ser ainda mais complicadas, concorda?

Por isso, é essencial saber conciliar a sua busca pelo tão sonhado diploma com atitudes mais assertivas em relação ao seu dinheiro.

Mas, quanto a isso não precisa se preocupar, pois nós do Site Portal Finança vamos te dar algumas dicas valiosas para organizar melhor suas finanças nesse período tão importante da sua vida! Confira!

1 – Planeje os seus gastos mensais

Se já ganhando muito dinheiro fica difícil manter o orçamento mensal sob controle, imagine para quem tem apenas meio salário mínimo durante o mês…

E a situação é ainda mais complicada quando pensamos nos gastos que um estudante universitário tem no dia-a-dia, ou seja, aquelas pequenas despesas que fazem nosso dinheiro “evaporar” da carteira.

De modo geral, o estudante precisa gastar com compra de livros, xerox e impressão de materiais de estudo, alimentação, deslocamento e etc.

Então, nossa primeira dica para universitários é: Aprenda a projetar suas despesas mensais!
Como isso? Bom, de início é importante mapear todas as despesas que você terá nos próximos meses, pode ser em um caderno mesmo ou em aplicativos de controle financeiro.

Depois, é só organizar esses gastos em ordem de prioridade, por exemplo, a compra de um livro é mais importante no momento do que a inscrição para um congresso da sua área?

Assim, você terá um maior controle do seu orçamento e conseguirá encontrar a melhor forma de economizar dinheiro sem atrapalhar seus estudos.

2 – Procure por alternativas inteligentes para lidar com seu dinheiro

O controle financeiro é fundamental para termos uma vida financeira estável, mas é preciso mais do que isso para fazer seu dinheiro chegar até o final do mês…

Então, na nossa lista de dicas financeiras para universitários, a segunda recomendação é: Seja criativo, para gastar menos e manter o padrão necessário.

Isso significa procurar alternativas para baratas para o seu bolso, como:

  • Dê preferência para livros e cópia de conteúdos digitais ao invés de comprar livros físicos ou imprimir centenas de documentos ou vá mais a biblioteca
  • Procure frequentar estabelecimentos que ofereçam descontos para estudantes, como restaurantes universitários, por exemplo
  • Pesquise por bolsas de estudo que possam lhe ajudar a ter uma renda extra

3 – Tenha uma reserva de emergência

Pensar em criar uma reserva financeira pode ser algo abstrato considerando que o estudante universitário mal consegue se manter com o que ganha, não é mesmo?

Mas, saiba que é importantíssimo guardar uma quantia para emergências, seja para se inscrever em um congresso que não estava em seus planos, fazer um moletom de turma e claro até mesmo para já ir se programando para os gastos com a formatura, que são bem caros.

Para isso, você pode começar guardando uma pequena quantia por mês ou até mesmo pensar em investimentos seguros e rentáveis (indicamos os investimentos em renda fixa).

4 – Diga adeus aos gastos supérfluos

Muitas pessoas têm a ideia de que ser estudante universitário é só “farra e festa”, mas no dia-a-dia não é assim que as coisas funcionam.

Quem realmente é focado nos estudos, gasta praticamente todo o dinheiro que ganha com a sua formação e não em festas. Mas, não é por isso que o dinheiro vá durar todo o mês.

Sendo assim, para fazer seu dinheiro render mais, é de suma importância evitar os gastos desnecessários.

Para isso, na hora que for comprar algo, para a faculdade ou não, pense se realmente é necessário, se vale a pena e quanto esse gasto irá impactar no seu orçamento.

Por exemplo, é financeiramente vantajoso assinar um plano da Netflix? Você terá tempo para assistir as séries e filmes do catálogo? Se sim, não é melhor contratar o serviço de streaming da Amazon Prime que é menos da metade do valor? Pense nisso!

5 – Economize sempre que possível

Um bom universitário não é aquele que gasta sem pensar no dia de amanhã, mas sim aquele que está sendo planejando os gastos futuros.

Mais uma vez reforçamos a importância de saber lidar com a pouca grana que você recebe mensalmente.

Sendo assim, uma das dicas para universitários terem uma vida financeira mais tranquila é sabendo onde e quando gastar.

A ideia é comprar com sabedoria e não por impulso. Isso significa pesquisar preços, buscar ofertas e descontos, conseguir cashback nas compras, enfim.

Ah, nessa missão, muitos produtos e serviços financeiros podem ser bem úteis, como os cartões de crédito sem anuidade, conta universitária ou até mesmo conta digital sem taxa de manutenção, cartões de crédito com cashback e muito mais.

Conclusão

Portanto, essas foram as nossas dicas para universitários que desejam fazer seu precioso dinheiro chegar até o fim do mês.

Todas as dicas mencionadas neste conteúdo são fundamentais para que você estudante consiga passar por essa fase da sua vida tendo um pouco mais de tranquilidade e estabilidade financeira, mantendo o foco nos estudos!

No entanto, essas mesmas dicas de finanças para universitários também serão muito úteis lá na frente, quando você conseguir seu primeiro emprego e ter que aprender a controlar seu dinheiro!