De nada adianta queremos saber como economizar nas contas básicas do nosso dia-a-dia, se ao chegar ao fim do mês você não tem a mínima noção sobre para onde foi seu dinheiro, concorda? Pois bem, a criação de um orçamento mensal pode lhe ajudar a administrar melhor suas finanças e principalmente, a ter mais consciência sobre o uso do seu salário.

Grande parte dos brasileiros é leigo quando o assunto são finanças pessoais, especialmente sua relação com o dinheiro, ou seja, qual sua renda mensal, quais as diferenças entre orçamento pessoal e familiar, o que são e quais os tipos de despesas que temos, que impostos pagamos, enfim. 

Isso retrata a baixa educação financeira que temos, onde de acordo com o SPC (Serviço de Proteção ao Crédito), não é só a falta de conhecimento que impede os brasileiros de colocarem sua vida financeira em ordem, mas também o consumo não planejado e desenfreado.

Sabe quando vamos ao shopping ou à feita para comprar uma única coisa e acabamos voltando cheios de sacolas, gastando mais do que tínhamos pensado? Pois bem, nós não planejamos esses gastos, ou seja, já estão excedendo o orçamento. E pior ainda quando praticamos esse hábito frequentemente, comprometendo todas as nossas finanças, o que em alguns casos pode levar ao endividamento, isto é, a inadimplência no mercado.

Por tudo isso que é importantíssimo saber como fazer orçamento mensal, uma vez que somente assim começaremos a planejar os gastos, controlar as contas de casa, pesquisar antes de comprar, economizar e claro, criar hábitos para ter uma vida financeira saudável. Não sabe como fazer isso? Não se preocupe, pois preparamos este guia completo justamente para que você entenda como controlar seu dinheiro! Aproveite!

Índice de conteúdo:

Afinal, o que é a renda no orçamento mensal?
O que são despesas?
    Despesas Fixas 
    Despesas variáveis
    Despesas eventuais
Descubra qual o seu saldo mensal
    Saldo positivo e seus benefícios
    Saldo negativo e suas complicações
Conclusão

Afinal, o que é a renda no orçamento mensal?

Você já se perguntou o que é orçamento mensal? Bom, basicamente um orçamento é um controle sobre suas finanças, ou seja, a administração de tudo que entre e tudo que sai de sua conta. Estamos falando do seu salário e das despesas, resumidamente. 

Mas, o maior problema dos orçamentos brasileiros é que não temos clareza sobre o que é renda… Muitas pessoas ainda acreditam que renda é somente o valor do salário, mas saiba que não, pois podemos ter mais de uma fonte de dinheiro contribuindo para nosso planejamento e orçamento mensal.

Pensando nisso, você sabe qual é sua renda durante o mês? Você tem noção exata sobre o quanto tem disponível todos os meses para gastar? Vamos esclarecer isso então! A sua renda é tudo aquilo que você recebe durante o mês inteiro, como:

  • Salário
  • Comissões
  • Gratificações
  • Aluguéis
  • Pensões
  • Entre outras fontes de dinheiro, sejam elas fixas ou variáveis.

Então, o primeiro passo para entender mais sobre o orçamento doméstico mensal é calcular a sua renda. 

O que são despesas?

Agora que você já sabe qual a sua renda, deve aprender a calcular suas despesas, pois elas fazem toda a diferença no orçamento mensal familiar.

De modo geral, podemos definir as despesas como todos os gastos que provocam redução em nosso patrimônio.

Ou seja, estamos falando de tudo aquilo que gostamos de gastar (ou somos “obrigados”), mas não gostamos de pagar (embora seja preciso).

As despesas do orçamento mensal se dividem em três categorias, as fixas, as variáveis e as eventuais. Confira cada uma delas a seguir!

Despesas Fixas 

São os gastos que temos e somos obrigados a pagar todo o mês. Bons exemplos são:

  • Moradia (aluguel ou financiamento imobiliário, por exemplo);
  • Condomínio;
  • Gás de cozinha;
  • Plano de saúde;
  • Telefone;
  • TV por assinatura;
  • Prestação da escola ou faculdade;
  • Prestação do carro (consórcio ou financiamento);
  • IPTU;
  • IPVA.

Despesas variáveis

As despesas variáveis são aquelas que temos obrigação de pagar mensalmente, mas o valor é variável.

Isso significa que são contas que possuem valores diferentes todos os meses, provocando assim mudanças em nosso orçamento familiar.

Bons exemplos desse tipo de despesa são: 

  • Contas de água e luz;
  • Fatura do cartão de crédito;
  • Gastos com alimentação (supermercado, feira, padaria e etc.);
  • Transporte;
  • Combustível.

Despesas eventuais

Já as despesas eventuais são referentes aos gastos que não ocorrem todos os meses, mas vez ou outra podemos ter. Exemplos são:

  • Alimentação (pizzaria, restaurante, lancheira, barzinho e etc.);
  • Lazer (cinema, teatro, show, passeios, viagens e etc.);
  • Compras pessoais (roupas, sapatos, presentes, cabelereiro, barbeiro e etc.);
  • Saúde (médico, dentista, remédios e etc.);
  • Manutenção (da casa ou do carro);
  • Entre outros gastos esporádicos.

Então, esses são os tipos de despesas que você pode ter durante o mês e claro que há meses em que naturalmente teremos mais contas. 

Por exemplo, dezembro é uma época do ano em que gastamos mais, pois com o natal e ano novo acabamos comprando mais presentes e roupas e participamos de mais atividades que nos meses anteriores. 

A mesma coisa acontece no início do ano, pois o primeiro trimestre costuma ser bem apertado no orçamento mensal dos brasileiros. 

Isso por que entram despesas como IPTU, IPVA, matrícula escolar, uniforme, material escolar, gastos devido às compras feitas no cartão de crédito no fim de ano, enfim.

Por isso, a dica é criar uma reserva de emergência, para que já não entre o ano no vermelho, assim como para ficar mais tranquilo caso tenha mais despesas que o habitual ao decorrer do ano.

Descubra qual o seu saldo mensal

Já entendemos sobre a sua renda e suas despesas, certo? Então, agora o último passo é aprender mais sobre seu saldo.

Basicamente, saldo é o dinheiro que sobra da sua renda depois que você pagou todas as contas do mês.

Dessa forma, como a sua renda, normalmente, é fixa e as despesas podem ser variáveis e eventuais, pode ser que você feche o mês com saldo positivo ou negativo.

Por exemplo, na fatura do cartão de crédito é normal vir discriminado o que comprou, total do pagamento, pagamento mínimo e seu saldo, certo?

O saldo mostra quanto de crédito você ainda tem disponível para gastar. Se seu limite total é de R$1.500,00 e você gastou R$1.000,00, então, seu saldo é de R$500,00.

Por isso, antes de querer saber como fazer orçamento familiar mensal é preciso avaliar se seu saldo está bom ou não e é isso que mostraremos a seguir!

Saldo positivo e seus benefícios

Dizer que estamos positivos é quando ganhamos mais e gastamos menos ou ganhamos a mesma coisa, mas economizamos mais.

Assim, quando você tem um saldo positivo na sua conta mensal, deve buscar meios para ampliar esse dinheiro disponível.

Algumas opções nesse sentido são:

  • Guardar dinheiro em uma conta poupança;
  • Investir em aplicações de renda fixa;
  • Juntar para realizar algum plano que você e sua família desejem.

Saldo negativo e suas complicações

Já se você recebeu seu salário, pagou as principais despesas e não sobrou nada para quitar outras contas e passar o resto do mês, então temos um problema…

Nesses casos, o seu saldo esta negativo, você entrou o mês no vermelho. O problema dessa situação é que costuma virar uma bola de neve.

Há grandes chances de você não ter controle sobre seu orçamento mensal e acabe atrasando cada vez mais as contas. 

Assim, com dívidas pendentes, você corre o risco de entrar na tão temida lista do Serasa, ou seja, ter seu nome sujo na praça.

Portanto, a dica é sempre buscar ficar com seu saldo no positivo, mesmo que para isso você precise mudar alguns hábitos, para poupar mais.

Conclusão

Portanto, esperamos que você tenha entendido melhor o que é orçamento mensal e como o planejamento dele é fundamental para manter as finanças em dia.

Quanto mais controle tiver sobre seu dinheiro (o que entra e o que sai), mais fácil será organizar orçamento mensal e consequentemente, maior sua qualidade de vida. 

Afinal, quem não tem um bom planejamento financeiro e vive com contas atrasadas, é muito mais estressado, não consegue aproveitar momentos de lazer, enfim! Pense nisso!