A restituição do IR (Imposto de Renda) é uma ótima oportunidade para você começar a investir o seu dinheiro, visto que é um valor que você não estava contando no seu orçamento.

Para os novatos na declaração do Imposto de Renda, a restituição é um valor adicional que o contribuinte paga de imposto sem precisar e assim, a Receita Federal depois devolve a quantia paga a mais.

Por isso, se você não tem dívidas ou ainda não sabe o que fazer com o valor da Restituição do Imposto de Renda 2021, neste guia completo iremos lhe mostrar como funciona e como aplicar o dinheiro da restituição em bons investimentos para multiplicar seu capital! Vamos lá?!

Entendendo como funciona a restituição do IR

Antes de começar a pensar em investir o seu dinheiro é importante entender como funciona a restituição do imposto de renda

Bom, quem recebe mais de R$28.559,70 durante o ano deve prestar contas ao fisco. Assim, quando o contribuinte vai declarar seu imposto no Programa Receita Federal, automaticamente é calculado o valor do imposto, de acordo com os ganhos declarados.

Contudo, muitos brasileiros já descontam o imposto todos os meses, que é o caso de quem desconta diretamente da folha de pagamento ou que tem algum investimento financeiro com desconto do IR mensal.

Além disso, existem os casos da dedução no Imposto de Renda automática, como na declaração de dependentes ou em despesas médicas. 

É justamente nessas situações que alguns contribuintes acabam pagando mais imposto do que deveriam e assim são restituídos posteriormente.

Nesses casos em específico, a pessoa tem o direito de receber o dinheiro que pagou a mais ao longo do ano, que pode chegar até uma alíquota de 27,5% do que foi pago.

Consulta aos lotes de restituição do Imposto de Renda

Após fazer a sua declaração anual, é possível saber se você terá direito à restituição ou não, de acordo com os lotes liberados pela Receita Federal.

Via regra geral, a receita costuma liberar a consulta aos lotes de restituição uma semana antes da data prevista para o pagamento. Este ano, teremos cinco lotes:

  • Primeiro lote: 31 de maio
  • Segundo lote: 30 de junho
  • Terceiro lote: 30 de julho
  • Quarto lote: 30 de agosto
  • Quinto lote: 30 de setembro

Veja aqui como consultar a restituição do IR 2021 ou ligue para o Receitafone, no número 146.

Mas, é preciso atenção, pois geralmente o primeiro lote é destinado aos contribuintes prioritários, como idosos e professores, por exemplo.

O pagamento dos demais lotes obedece uma ordem de acordo com a data em que a declaração do Imposto de Renda foi feita. Assim, quem declara no início do prazo, normalmente, é restituído já nos primeiros lotes. 

Dicas de investimentos com o dinheiro da restituição do imposto de renda

Agora que você já sabe o que é e como funciona a restituição, é a hora de pensar em como multiplicar o seu dinheiro…

Para isso, separamos ótimas opções de investimento para você fazer o valor da sua restituição render mais. Aproveite!

1 – Tesouro Selic

O Tesouro Selic é um tipo de investimento de renda fixa e tem se tornado cada vez mais popular entre os brasileiros, justamente por ser uma opção segura e com boa rentabilidade.

Basicamente, essa é uma aplicação de dinheiro em um título público, que não gera riscos de perda, apenas ganhos.

A grande vantagem de investir no Tesouro Selic é que esse investimento tem alta liquidez (resgate seu dinheiro quando quiser) e também porque rende conforme a taxa Selic, que atualmente está em 3,5% ao ano.

2 – CDB

Outra ótima indicação de investimento com o valor da restituição é apostar nos CDB’s (Certificados de Depósito Bancário), que também é um ativo de renda fixa.

Resumidamente esse investimento funciona semelhante à um empréstimo no qual você oferece crédito a um banco para financiar suas operações, como para pagar dívidas, investir em novos projetos, enfim.

Assim, a instituição bancária emite um título pelo seu empréstimo, que renderá com juros. Inclusive, quanto maior for o risco do empréstimo, maior a taxa de rendimento oferecida pelo banco.

Por essa razão, é preciso escolher bem na hora de investir em um CDB, onde a principal dica é pesquisar sobre a reputação do banco e seu histórico de pagamento.

Mas, via regra geral, não há com o que se preocupar, visto que esse tipo de investimento é garantido pelo FGC (Fundo Garantidor de Crédito).

3 – LCA e LCI

Outra ótima forma de você aplicar bem o valor da restituição do IR é investindo nas Letras de Crédito Imobiliário e do Agronegócio (LCI e LCA).

Como o próprio nome sugere, o investimento é voltado ao setor de imóveis e do agronegócio, que são um dos ramos mais rentáveis e promissores aqui no Brasil.

A grande vantagem desse tipo de investimento em renda fixa é que trata-se de uma aplicação isenta de imposto. Dessa forma, todo o rendimento vai para o seu bolso, sem descontos. 

Além disso, algumas LCA’s e LCI’s possuem rentabilidade superior ao CDI https://www.portalfinanca.com/o-que-e-cdi/ , ou seja é um ótimo investimento.

4 – Fundos de investimento

Outra indicação do Portal Finança para você investir o dinheiro ganho na restituição do Imposto de Renda 2021 é apostar nos fundos de investimento.

De modo geral essa aplicação é bem fácil e simples de entender. É como se fosse um condomínio, onde cada morador paga uma taxa de administração mensal e segue algumas regras.

A maior vantagem aqui é que você não precisa de muito conhecimento para aplicar o seu dinheiro, pois é o gestor do fundo quem o administra, isto, é, você só entra com o capital e recebe os rendimentos.

Para quem está começando a investir em fundos de investimento, uma ótima opção são os fundos de investimento multimercado, considerando que são ativos diversificados.

5 – Previdência privada

Por fim, mas não menos importante, temos a opção de investimento em previdência privada, que tem se tornado cada vez mais popular entre os investidores brasileiros.

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, essa não é uma aplicação exclusiva para aposentadoria, pois você pode ter ótimos rendimentos ao longo dos anos.

De modo geral, os planos de previdência complementar são bem semelhantes aos fundos de investimentos, considerando que ambos possuem uma carteira de ativos diversificada, gestores e taxas de administração.

Porém, a grande diferença é que você está livre do come-cotas e tem mais vantagens tributárias em longo prazo.

Conclusão

Portanto, agora você já sabe onde investir o dinheiro da restituição do Imposto de Renda, não é mesmo?!

Todas as opções mencionadas neste conteúdo são seguras e apresentam uma ótima rentabilidade. Por isso, é hora de fazer o seu dinheiro trabalhar por você, e convenhamos a poupança está rendendo tão pouco que nem é mais uma opção viável!