Saber como abrir um MEI é praticamente uma necessidade básica do brasileiro hoje em dia, considerando que com a atual crise de desemprego (14%), milhares de pessoas estão apostando no seu próprio negócio para ganhar dinheiro e conquistar a independência financeira.

De acordo com uma pesquisa realizada pelo Mapa das Empresas do Ministério da Economia, nos primeiros quatro meses de 2021, foram abertos mais de 1 milhão de MEI’s no país, registrando assim o maior número de abertura de novos negócios individuais desde 2010.

Esse número representa um crescimento de 30,6% em relação ao mesmo período de 2020. Com isso, atualmente estamos próximos a marca de 10 milhões de empresas MEI’s ativas no Brasil.

Por isso, seja porque você perdeu o emprego e sua principal fonte de renda ou quer investir em seu sonho, saiba que o MEI é uma excelente opção!

Confira a seguir quais são os passos básicos para abrir a sua empresa no sistema MEI, que é simplificado e mais barato para o seu bolso!

O que é MEI?

Antes de saber como abrir um MEI, é importante entender sobre o que estamos falando, certo?
Bom, o MEI é a sigla para Microempreendedor Individual e representa um modelo simplificado de empresa, para quem trabalha de forma autônoma, ou seja, por conta própria.

Exemplos de trabalhos no regime MEI são cabeleireiros, manicures, artesãos, pintores, vendedores, construtores civis, doceiros e donos de minimercados.

A grande vantagem de apostar em uma empresa MEI é que você consegue ter um CNPJ sem tanta burocracia e taxas.

Isso porque o processo de abertura da empresa individual é mais simplificado e funciona por meio de um regime especial de tributação.

Basicamente, com cerca de R$61,00 por mês você consegue ter seu CNPJ ativo e ainda aproveitando de diversos benefícios previdenciários, como auxílio-doença, auxílio-maternidade, aposentadoria por invalidez ou por idade e pensão por morte.

O sucesso do MEI é tanto hoje em dia entre os trabalhadores brasileiros, que aproximadamente 56% dos negócios ativos no Brasil atualmente funcionam nesse regime.

Passo a passo de como abrir um MEI

Todo o processo para abrir um MEI é online e gratuito. Por isso, se você trabalha de forma autônoma, formalize-se! Confira a seguir o que você deve fazer para abrir a sua empresa MEI!

1 – Acesse a área do empreendedor no site Gov.Br (clique aqui)

2 – Clique na opção “Quero ser MEI” e em seguida em “Formalize-se

3 – Faça seu cadastro no portal de serviços do governo ou, caso já tenha uma conta, faça o login (CPF e senha)

4 – Siga os passos indicados, informando o tipo do seu negócio, atividades executadas, endereço, nome fantasia, entre outros detalhes

5 – Pronto, após os passos acima, em poucos minutos estará aberta a sua empresa individual, no qual imediatamente você terá acesso ao número do seu CNPJ, na Junta Comercial e no INSS.

Assim, após criar sua empresa na modalidade MEI, será necessário pagar mensalmente a guia de arrecadação, para ter direito aos benefícios do INSS.

A guia é conhecida como DAS (Documento de Arrecadação do Simples Nacional), na qual representa o imposto que o microempreendedor deve pagar. O valor fica em:

  • Comércio ou Indústria: R$56,00 (R$55,00 de INSS + R$1,00 de ICMS)
  • Prestação de Serviços: R$60,00 (R$55,00 de INSS + R$5,00 de ISS)
  • Comércio e Serviços: R$61,00 (R$55,00 de INSS + R$1,00 de ICMS + R$5,00 de ISS)

É importante lembrar que o DAS-MEI não é enviado para o seu endereço, sendo preciso gerar o boleto de pagamento todos os meses no site Gov.Br.

COMO EMITIR E PAGAR DAS-MEI

Além disso, não deixe de pagar suas guias de contribuição, pois, por se tratar de um imposto, se não houver pagamento a Receita Federal pode solicitar a cobrança da dívida na Justiça.

Conclusão

Portanto, agora você já sabe mais sobre o que é, como funciona e como abrir um MEI, certo?!

Não tem mistério, pois foi tudo pensado justamente para facilitar a sua vida nessa nova jornada profissional!

Então, faça como mais de 1 milhão de brasileiros e formalize o seu negócio, garantindo estabilidade e mais segurança para você e seu negócio.

Inclusive, quem é MEI tem direito a uma série de vantagens exclusivas, como conta digital PJ sem custo, empréstimos para MEI com menores taxas e muito mais!