Saber diversificar a carteira de investimentos é talvez um dos segredos para lucrar com a renda variável, pois como esse é um mercado com maiores riscos, é preciso saber alocar bem o seu dinheiro, evitando perder tudo de uma única vez, por exemplo.

Por isso, se você está começando a aplicar seu dinheiro na renda variável, continue conosco que mostraremos quais são as dicas fundamentais para saber onde aplicar seu dinheiro e assim ter maiores chances de multiplicar seu patrimônio!

Passo a passo de como diversificar sua carteira de investimentos

Confira a seguir quais são os três passos essenciais para quem quer dar aquela diversificada na carteira de investimentos!

1 – Abra conta em mais de uma corretora de valores

Para quem investe na renda variável, poder contar com uma boa corretora de valores é fundamental, mas saiba que você não precisa concentrar todos os seus investimentos apenas em uma corretora.

Vamos explicar essa lógica pensando em uma feira livre, onde existem bancas que só vendem banana, outras frutas em geral e há também aquelas barracas que comercializam somente verduras e legumes…

Nas corretoras de investimento acontece quase a mesma coisa, isto é, há produtos em uma corretora que não estão disponíveis em outra.

Por isso, uma das dicas para diversificar a carteira de investimentos é justamente frequentar lugares diferentes, ou seja, crie conta em outras corretoras, para ficar de olho em outras opções para investir seu dinheiro.

2 – Não coloque todo o seu dinheiro apenas em um ativo

Ter uma carteira de investimentos diversificada protege o investidor em inúmeros cenários, afinal, estamos falando de aplicações que sofrem influência direta da economia mundial a todo o momento.

Por exemplo, sua reserva de emergência deve estar em um investimento de renda fixa de liquidez diária e os demais investimentos distribuídos entre renda fixa e variável.

Assim, quanto maior a sua mobilidade nos diferentes cenários, maiores as chances de dar o “match certo”, isto é, investir com pouco risco e melhor remuneração.

3 – Renda variável não é somente compra e venda de ações

Para aqueles que não têm o perfil para os investimentos de renda fixa, a renda variável é o caminho. Mas, saiba que não existem só ações nesse mercado…

A renda variável tem diversas opções para você aplicar seu dinheiro, como Fundos de Investimento Imobiliários (FII’s), criptomoedas, NFT’s, ETF’s e muito mais.

Por isso, para diversificar sua carteira de investimentos é preciso ampliar seus horizontes com relação às oportunidades disponíveis.

Conclusão

Então, agora ficou mais fácil diversificar a sua carteira de investimentos? Esses são os três passos básicos para os investidores iniciantes, então aproveite as dicas, para ter acesso aos melhores lucros possíveis!