Entender como fazer investimentos quando se está começando no mercado financeiro é uma missão e tanto… Por mais que o investidor iniciante já tenha em mente uma breve ideia de onde quer aplicar parte do seu dinheiro, sempre rola uma dúvida e insegurança sobre as melhores opções (considerando a relação risco e rentabilidade), não é mesmo?

E, para piorar a situação, em um ano onde a taxa básica de juros está em queda histórica (Selic está em cerca de 2% ao ano) e o mercado está caminhando a passos lentos devido aos impactos econômicos causados pela pandemia, investimento em renda fixa e variável tem gerado ainda mais dúvidas nos brasileiros. 

Mas, a ideia é não desanimar, uma vez que se espera um bom cenário para os diferentes tipos de investimentos financeiros agora em 2021. E, para lhe provar que isso é verdade, preparamos este guia completo com boas opções para investir e diversificar sua carteira de ativos este ano! Confira! 

Dica de investimentos para iniciantes em curto prazo

Para quem busca uma aplicação de curto prazo (muito utilizada para formar uma reserva de emergência, por exemplo), a taxa Selic não está muito favorável no momento. Contudo, você não precisa desistir de investir em renda fixa, visto que as projeções é que a taxa básica de juros suba para, no mínimo, 2,25% este ano, melhorando a rentabilidade desse tipo de investimento. 

Assim, seguindo essa linha de raciocínio, um ótimo investimento em renda fixa para aplicar seu dinheiro em curto prazo em 2021 é o CDB (Certificado de Depósito Bancário), considerando que seu rendimento é atrelado ao CDI, que por sua vez, segue a Selic. 

Basicamente, o CDB investimento se trata da compra de títulos emitidos por instituições bancárias e financeiras, no qual, geralmente, rende acima da Selic.

Assim, é uma boa sugestão de como investir com pouco dinheiro, considerando que podemos encontrar títulos bancários a menos de R$50,00.

Ideias de aplicações para longo prazo 

Para os investidores iniciantes que estão buscando uma aplicação com prazo de vencimento maior, os fundos imobiliários podem ser ótimas alternativas.

Essa é uma boa ideia em longo prazo, pois quando começar a investir nos FII’s, você se torna um cotista e assim recebe dividendos mensalmente.

Nesses tipos de investimentos para iniciantes, os dividendos são gerados a partir do aluguel dos imóveis que se está aplicando capital.

Com o passar do tempo, o investidor aumenta seus ganhos, uma vez que há a possibilidade do fundo de investimento imobiliário crescer e se valorizar. 

Além disso, a boa notícia é que sabendo como investir em fundos imobiliários, você tem uma boa diversificação da sua carteira de ativos.

Tudo isso em um investimento seguro, de confiança e bem rentável, onde os rendimentos são proporcionais ao valor investido. 

Já para os investidores com perfil mais arrojado, o mercado de compra e venda de ações também é uma boa pedida para este ano. 

Inclusive, para começar a investir em ações está bem acessível atualmente, no qual você pode negociar ativos na bolsa de valores com menos de R$100,00.

Mas, para não correr o risco de perder o capital investido, a dica é estudar o mercado e começar com pouco dinheiro. 

Investimento para uma aposentadoria tranquila 

Os investimentos em renda variável costumam ser mais lucrativos que os de renda fixa, justamente pelas oscilações na cotação paga.

Pensando nisso, você pode usar os dividendos de outros investimentos para investir em sua aposentadoria. 

No caso do investimento em renda fixa, uma boa opção para o futuro é o Tesouro IPCA. 

Normalmente, esse investimento traz rendimentos superiores à inflação, ou seja, seu dinheiro se valoriza com o tempo.

 Atualmente, têm diversas opções de títulos IPCA disponíveis no mercado, alguns até mesmo com vencimento até 2055.

Então, aproveite a oportunidade para investir bem seu dinheiro, considerando que a independência financeira que você deseja para o futuro, precisa começar a ser semeada agora!