Quem acompanha o mercado de criptomoedas e NFT’s sabe que a TERRA LUNA estava com a cotação indo “ladeira à baixo” na última semana e infelizmente uma má notícia foi dada aos investidores neste domingo (15 de maio de 2022), a criptomoeda LUNA está valendo R$0,00, ou seja, nada.

A blockchain anunciou oficialmente que a criptomoeda teve seu preço em queda em 100% e por isso está suspensa do mercado. Continue conosco e veja todos os detalhes e os motivos que fizeram a TERRA LUNA entrar em crise e desaparecer!

Criptomoeda TERRA LUNA está suspensa da blockchain

Até o final da noite deste domingo o token TERRA LUNA estava com seu preço em R$0,00, visto que a criptomoeda “derreteu” 100% nos últimos dois dias. O criptoativo que já chegou a valer mais de 120 dólares e foi considerada uma das dez maiores moedas digitais do mercado, hoje não vale nem mais um centavo.

O anúncio sobre a suspensão da LUNA da blockchain deixou centenas de investidores em desespero, pois até semana passada a criptomoeda estava valendo 86 dólares. Ou seja, esse é um dos infelizes casos em que o investidor perdeu dinheiro.

Inclusive, grandes exchanges (corretoras de valores especialzizadas em trasações de criptomoedas), como a Binance, OKX e FTXsuspenderam a compra e venda da TERRA LUNA, com o objetivo de proteger o patrimônio dos investidores.

Considerada uma das criptomoedas mais promissoras do momento, a LUNA teve sua primeira grande queda no dia 06 de maio, onde no dia 09 de maio passou a valer um centavo.

Porque a TERRA LUNA derreteu?

Muitos podem ser os motivos que influenciaram a queda de 100% no valor da LUNA, mas um dos principais foi o preço do Bitcoin, que como sabemos, também está em baixa nos últimos dias.

Contudo, os especialistas no mercado financeiro cripto acreditam que o fim da criptomoeda TERRA LUNA está associado a sua stablecoin, o token LUNA.

Basicamente, o token LUNA (TerraUSD) foi criado com o objetivo de apoiar a indexação da criptomoeda TERRA LUNA ao dólar americano.

Entretanto, a pressão de indexação sobre o token e seu atual excesso de oferta no mercado acabou levando à severa diluição da criptomoeda, ou seja, é a lei da oferta e demanda.

Na prática, toda a vez em que é emitido um token LUNA, um dólar em LUNA (criptomoeda) é retirado de circulação pelos agentes do mercado…

O problema foi que quando a criptomoeda teve sua cotação em queda nos últimos dias, seus apoiadores aumentaram a oferta do token em circulação, na tentativa de recuperar parte do valor para os investidores.

Porém, o resultado foi justamente o que mais se temida, o fim da TERRA LUNA, pois com o enorme aumento na oferta do token, o preço do criptoativo declinou de vez.

O que vai acontecer com quem investiu na criptomoeda LUNA?

Por mais que estejamos falando de um mercado de renda variável, onde o investidor ao aplicar dinheiro assume o risco de perda, o criador da TERRA LUNA já havia se preparado para uma possível quebra no mercado.

Sabe-se que Do Kwon (fundador da criptomoeda) comprou cerca de 80 mil BTC (Bitcoins), com a intenção de emprestar e criar um fundo como “calção” para os investidores.

Mas, como a LUNA já tinha caído mais de 95% em poucos dias, as reservas criadas por Do Kwon se esgotaram em apenas dois dias, ou seja, nem todos os investidores terão retorno.

Inclusive, a plataforma Crypto.com anunciou oficialmente que quem vendeu a TERRA LUNA por um preço incorreto terá um “vale” de 10 dólares em CRO, a fim de minimizar o erro nas negociações com erro de preço.

O pesar é que milhares de investidores perderam tudo, literalmente, visto que muitos anunciaram que usavam a TERRA LUNA como uma altcoin, criptomoeda em que se investe em alternativa ao Bitcoin e com isso acabaram liquidando seu patrimônio, como casas e dinheiro.

É o fim da TERRA LUNA?

Com o fim das negociações da criptomoeda nas principais exchanges ao redor do mundo, acredita-se que a TERRA LUNA não tenha mais salvação, isto é, quebrou de vez.

Contudo, o fundador da LUNA já anunciou que está planejando um plano para “reviver” a cripto na blockchain, mas até o momento tudo está no plano das ideias.