Seja para dar o pontapé inicial para criar ou até mesmo conseguir dinheiro para investir e aumentar o seu negócio, o empréstimo para pequenas empresas é sempre uma boa solução e é por isso que você precisa conhecer as melhores opções.

Isso porque existem diferentes modalidades de empréstimos e que podem ser ainda mais vantajosas para o seu negócio, visto que oferecem baixas taxas de juros e melhores condições de pagamento.

Pensando nisso, preparamos este guia exclusivo para mostrar a você quais são as melhores linhas de crédito para pequenas empresas! Vamos nessa?!

5 melhores modalidades de empréstimo para pequenas empresas

1 – Microcrédito

O microcrédito é um tipo de empréstimo voltado para pequenas empresas, Microempreendedores Individuais (MEI’s) e até mesmo pessoas físicas.

Essa é uma micro linha de crédito, ou seja, oferece um limite menor e por isso a oferta é mais simples. Inclusive, pode-se conseguir esse tipo de empréstimo através do BNDES.

As principais vantagens do microcrédito para pequenas empresas são:

  • Limite de crédito com valor mais baixo
  • Taxas de juros mais baixas
  • Parcelamento mais curto

Com isso, você consegue a quantia que precisa para o seu negócio sem um prazo de pagamento mais extenso, pois como sabemos, quanto maior o parcelamento, maiores os juros.

Geralmente, esse tipo de empréstimo para pequenas empresas é solicitado para a compra de máquinas e equipamentos e para o investimento em matéria prima.

2 – Antecipação de recebíveis

Outra modalidade de empréstimo para pequenas empresas bem interessante é a antecipação de recebíveis.

Funciona da seguinte maneira: o dono da empresa solicita um empréstimo para o seu negócio e oferece como garantia de pagamento a antecipação do valor das vendas realizadas a prazo.

As vantagens desse tipo de crédito são:

  • Juros mais baixos devido à garantia de pagamento
  • Pouquíssima burocracia
  • É oferecido não só por bancos e financeiras, mas também por operadoras de cartão e fintechs (plataformas de soluções financeiras digitais), o que aumenta as opções para você escolher

De modo geral, o empréstimo com antecipação de recebíveis para empresas menores é ideal para quem precisa de dinheiro para cobrir uma despesa de emergência ou para capital de giro.

Mas, muita atenção com esse tipo de empréstimo, pois se não for feito de forma planejada, você pode vir a causar prejuízos no fluxo de caixa da sua empresa.

3 – Empréstimos com garantia

Os empréstimos com garantia costumam ser os mais baratos aqui no Brasil, seja para pessoas físicas quanto jurídicas.

Isso porque ao solicitar o dinheiro, o contratante oferece uma garantia de pagamento, que pode ser um veículo ou imóvel registrado em seu nome.

Assim, a instituição financeira baixa bastante os juros, considerando que caso a pessoa não consiga pagar as parcelas, o bem em garantia pode ser leiloado para quitar a dívida.

As principais vantagens do empréstimo com garantia para pequenas empresas são:

  • Limite de crédito oferecido é bem mais alto
  • Um dos menores juros do mercado
  • Maior tempo para pagar
  • O dinheiro do empréstimo pode ser utilizado sem um fim específico dentro da empresa

Normalmente, essa modalidade de crédito é solicitada para aumentar o investimento na empresa, como abrir uma filial ou renovar os equipamentos, visto que o valor oferecido é maior e o parcelamento é estendido.

4 – Crédito do BNDES para pequenas empresas

Sim, pequenas empresas também podem solicitar empréstimos para seus negócios via BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social).

Isso porque o BNDES conta com uma linha de crédito exclusiva para micro, pequenas e médias empresas, incluindo MEI’s.

As principais vantagens do crédito BNDES para pequenas empresas são:

  • Possibilidade de conseguir emprestado até 100% da quantia dos itens financiáveis
  • Parcelamento da dívida em até 5 anos
  • Até dois anos para começar a pagar a primeira parcela
  • Juros bem baixos

O único porém dessa linha de crédito é que o valor emprestado pelo BNDES fica vinculado a um investimento específico da empresa, como, por exemplo, a compra de um maquinário.

Por isso, esse tipo de empréstimo para pequenas empresas é indicado para quem deseja investir em equipamentos, considerando a limitação do uso do dinheiro.

5 – Cooperativa

Por último, na nossa lista de empréstimos para pequenas empresas temos as linhas de crédito oferecidas por cooperativas.

As cooperativas de crédito são instituições financeiras sem fins lucrativos e por isso, conseguem liberar empréstimos com menores juros e condições especiais de pagamento para os seus associados.

Contudo, para poder solicitar um empréstimo em uma cooperativa, é necessário ser associado a ela. Para se associar, geralmente, é imposta uma taxa de associação, mas não se preocupe, pois o valor costuma ser pequeno.

Feito isso, é possível pedir dinheiro emprestado à cooperativa para a sua empresa, nas quais trabalham com tipos variados de empréstimos, desde capital de giro até microcrédito.

Como escolher o melhor empréstimo para a sua empresa?

Agora que você já sabe quais são as modalidades de empréstimo para pequenas empresas, é importante saber avaliar as melhores ofertas.

De modo geral, um fator determinante é pensar na finalidade do dinheiro solicitado, visto que alguns empréstimos exigem que a quantia seja usada em determinada ação, por exemplo, para comprar máquinas para a empresa.

Por isso, para escolher o melhor empréstimo para o seu negócio, a dica é sempre buscar linhas de crédito sem limitação, ou seja, que o dinheiro possa ser usado para diferentes fins, como é o exemplo do empréstimo com garantia.

Além disso, outro ponto importante na hora de considerar o melhor empréstimo é levar em consideração o CET (Custo Efetivo Total).

Por mais que as taxas de juros em muitos casos sejam bem baixas, é preciso avaliar todas as tarifas incluídas e no caso dos empréstimos quem manda é o CET.

E por fim, para escolher o empréstimo ideal para a sua empresa é avaliar bem a necessidade e as condições de pagamento, visto que serão parcelas que comprometerão o orçamento do seu negócio em médio prazo.